• (35) 3715-5431
  • Poços de Caldas / MG

Conheça a Bikebeats, a Bike-DJ movida a energia solar

Conheça a Bikebeats, a Bike-DJ movida a energia solar

Nos últimos anos as cidades têm crescido e se desenvolvido numa velocidade muito grande. Dinâmicas, estão se transformando e evoluem de acordo com as mudanças ocorridas na sociedade, refletindo também no espaço público. Com o crescimento frenético das cidades, os espaços públicos deixaram de ser o lugar das relações sociais e encontros para manifestações culturais, sociais e políticas, e para o lazer e recreação, reduzindo-se apenas para a circulação de pedestres.

Graças a um processo de mudança de percepção, a ocupação dos espaços públicos tem ganhado força, dando oportunidade para que diferentes projetos sejam vistos e experimentados pela população. Entre eles, podemos destacar o projeto do paulistano Ricardo Bertello, DJ, publicitário, que aliando criatividade e inovação, resolveu combinar também suas duas paixões: a bicicleta e a música, assim surgiu a Bikebeats, a primeira “Bike DJ” movida a energia solar, com a intenção de levar seu som a qualquer lugar.

 

A bicicleta ao ser incorporada no dia a dia, apresenta soluções de sustentabilidade como veículo de menor custo, tanto de aquisição quanto de manutenção, o que representa economia na renda doméstica e um ganho para o meio ambiente. As bicicletas foram com o tempo esquecidas e expulsas das vias urbanas, hoje com o grande desenvolvimento das cidades e consequentemente um maior tráfego, ressurgem como opção de meio de transporte, sendo considerada pela ONU o veículo mais sustentável do mundo.

O projeto que une mobilidade, responsabilidade social e a valorização do espaço público, ainda promove a consciência sustentável. Ricardo explica que “Sempre tive vontade de montar um sistema de som em uma praça para fazer meu aniversário, mas sempre parava na questão da energia. Nunca tinha um ponto para ligar os equipamentos. Quando saí da agência que trabalhava, voltei a discotecar e tinha acabado de montar uma Caloi 10 retrô. Em uma conversa com a minha namorada, pensando no que poderíamos investir, surgiu a ideia de montar um som em uma bicicleta. Comecei a pesquisar sobre energia solar e uma semana depois comecei a montar o projeto para comemorar meu aniversário como eu queria”.

 

A bicicleta levou cerca de 4 meses para ficar pronta do projeto à execução, com um acabamento em aço e madeira, a bicicleta tem um estilo praiano com rodas lowrider 144 raios, e ainda, possui 2,35 metros de comprimento e 80cm de largura, a bike não tem marchas e seu freio é contra-pedal. Além disso, a Bikebeats consegue comportar e transportar todos os equipamentos chegando a um peso total de 110kgs.

Uma placa fotovoltaica instalada sobre a bicicleta gera energia suficiente para o equipamento de som. A bike de sistema off-grid possui uma bateria estacionária que garante uma autonomia de mais de 25 horas de música. Seu consumo médio tem cerca de 0.7 amperes/horas. Ou seja, a Bikebeats pode ir a qualquer lugar sem precisar da energia elétrica do local.

O projeto de Ricardo Bertello, além de trazer a valorização do espaço público, destaca a energia solar, uma energia renovável, gratuita, limpa e inesgotável, que não emite gases poluentes de efeito estufa e que está à disposição de todos, tendo como principais vantagens a geração da sua própria energia, a possibilidade de armazenar a eletricidade gerada em baterias, longo tempo de vida das placas fotovoltaicas, além da redução dos impactos ambientais. 

Gostou da ideia? Então acompanhe a Bikebeats no Facebook e no Instagram e fique ligado.