Johnson e Johnson inaugura em SP a primeira fazenda solar da América do Sul



            A Johnson & Johnson acaba de inaugurar sua primeira fazenda solar da América do Sul, localizada em São José dos Campos, interior de São Paulo, a fazenda fotovoltaica de 1MWp foi construída pela EDP Smart e instalada dentro do maior parque fabril — em área — da Johnson & Johnson, no mundo.

            A fazenda solar vai gerar energia 100% renovável para compensar o consumo do centro de distribuição da empresa em Guarulhos, São Paulo. Com 3.420 módulos fotovoltaicos distribuídos em uma área de 6.000 metros quadrados, a fazenda solar tem capacidade para gerar energia suficiente para abastecer 1.000 residências, além disso, irá evitar a emissão de 215 toneladas de CO2 na atmosfera, volume que demandaria o plantio de 600 novas árvores por ano.

            “Já estamos registrando um impacto positivo com esse projeto, que vai possibilitar um estudo muito mais amplo na área de sustentabilidade”, afirma Gerardo Vargas, vice-presidente de logística e atendimento ao cliente da Johnson & Johnson para América Latina.

            Apesar da empresa não divulgar o valor do investimento na fazenda solar, a companhia garante que este é apenas um dos passos rumo a um futuro mais verde. A Johnson & Johnson anunciou recentemente um investimento de 800 milhões de dólares em ações sustentáveis até 2030.

            Além da geração fotovoltaica, o complexo terá uma central para recarregar carros elétricos, viabilizando outros usos de energia limpa. “Com estas ações, estamos pensando no futuro. Olhamos com otimismo para frente, com esse tipo de geração sendo cada vez mais viável”, diz Vargas.

            A fazenda solar foi construída pela EDP Smart, que faz parte da holding da EDP Brasil, subsidiária da EDP Portugal. A empresa já negociou 58,9 MWp em projetos de energia solar, sendo 28,1 MWp já instalados e 30,8 MWp em desenvolvimento. A expectativa é que a empresa encerre 2020 com 33 MWp instalados e, nos próximos três anos, triplicar os investimentos em energia solar, para 300 milhões de reais anuais.

            “O potencial da energia solar no Brasil é inigualável no mundo e nós vamos crescer muito no segmento”, afirma Carlos Andrade, vice-presidente de estratégia e desenvolvimento de negócios da EDP Brasil. Ele salienta que a relação entre a EDP e a Johnson & Johnson é de longa data, uma vez que o complexo fabril do interior de São Paulo fica na área atendida pela EDP. “É uma parceria que tem dado muito certo.”.

Gere sua própria energia

            A economia proporcionada pela geração própria de energia elétrica pode chegar em até 95% do valor da fatura, sendo percebida já no primeiro mês de instalação, e, caso não seja consumida toda a energia gerada, o sistema passa a injetar o excedente na rede elétrica, gerando créditos que podem ser utilizados em até 5 anos. Com vida útil de 25 anos, possui um rápido retorno de investimento, se pagando em até 5 anos, o equivalente a ganhar 20 anos de energia.

            A Cenergel atua no projeto, homologação e instalação de sistemas fotovoltaicos, atendendo aos diferentes tipos de mercado. Entre em contato conosco e peça seu orçamento gratuito.

<Postagem Anterior
Próxima Postagem>