Consumo Consciente: o que é e como aplicar no dia a dia?



                Atualmente, tem se falado muito sobre consumo consciente como maneira de chamar a atenção da sociedade sobre hábitos de consumo e consciência socioambiental. Mas você sabe o que é ser um consumidor consciente?

                O consumidor tem um grande poder em mãos, embora nem sempre tenha consciência disso. É considerado um cidadão aquele que, ao realizar uma compra, escolhe os produtos que causam menor impacto ao meio ambiente, a saúde humana e animal, escolhendo marcas e fornecedores que levam em consideração as relações justas de trabalho. Em outras palavras, o consumidor consciente é um agente transformador por meio de suas escolhas de consumo. Consiste na mudança de comportamento, não somente diminuindo hábitos de consumo, mas entendendo como podemos consumir melhor e com menos impacto.

                O planeta não consegue regenerar os seus recursos naturais na mesma velocidade de nossas demandas, por isso, é necessário repensar a forma que compramos e descartamos. Produzir menos lixo, conhecer a origem e os processos de fabricação dos produtos que compramos e saber os impactos que eles causam ao longo de toda sua vida útil, da extração da matéria-prima ao descarte final, são algumas das atitudes que fazem parte do consumo consciente. Por isso, conheça dicas de como aplicar o consumo consciente em seu dia-a-dia.

Consuma apenas o necessário:

Reflita sobre suas reais necessidades. Por que comprar? Eu realmente preciso comprar ou estou sendo levado pelo impulso do momento? Preciso comprar mais ou já tenho o suficiente?

Planeje suas compras:

A prática do consumo consciente começa com a análise da necessidade do produto ou do serviço que se vai consumir. Não seja impulsivo nas compras. A impulsividade é inimiga do consumo consciente. Planeje antecipadamente e, com isso, compre menos e melhor.

Avalie o impacto do seu consumo:

Leve em consideração os impactos de sua produção, uso e descarte, na medida do possível, antes de definir de quem comprar (o que é possível quando não se compra por impulso), tirando dúvidas e fazendo uma compra mais consciente.

Separe seu lixo:

Alguns materiais podem ser reciclados, o resíduo orgânico pode ser compostado, gerando adubo que pode ser doado ou usado no seu próprio jardim. Não se esqueça de que há produtos que exigem descarte especial para que não haja contaminação da água e do solo, como pilhas, lixo eletrônico e lâmpadas.

Conheça e valorize as práticas de responsabilidade social das empresas:

Em suas escolhas de consumo, não olhe apenas preço e qualidade do produto. Valorize as empresas em função de sua responsabilidade para com a sociedade e o meio ambiente.

Divulgue o consumo consciente:

Sensibilize outros consumidores e dissemine informações, valores e práticas do consumo consciente. Monte grupos para mobilizar seus familiares, amigos e pessoas mais próximas. Mesmo seus pequenos atos de consumo, se forem repetidos por um longo período de tempo, têm um forte impacto.

Produza sua própria energia:

A energia solar fotovoltaica é a forma de energia renovável que mais cresce, tornando-se a fonte mais barata de produção de energia. A tecnologia garante competitividade alinhando sustentabilidade e consumo consciente. O sistema fotovoltaico permite a produção de sua própria energia por meio da luz do sol, proporcionando uma economia de até 95% do valor da fatura. É a fonte de produção de energia com menor impacto ambiental, possui vida útil de 25 anos e baixa manutenção, sendo facilmente instalado sobre o telhado de sua empresa ou residência, ou, em qualquer estrutura de fixação.

A Cenergel atua em projetos no projeto, homologação e instalação de sistemas fotovoltaicos, atendendo aos diferentes tipos de mercado. Entre em contato conosco e peça seu orçamento gratuito.

 

 

<Postagem Anterior