Heineken passará a usar energia renovável na produção de cerveja no Brasil



     

                A cervejaria Heineken anunciou que neste mês de dezembro a produção nas fábricas de Alagoinhas (BA), Araraquara (SP) e Ponta Grossa (PR) serão provenientes 100% de energia renovável. A iniciativa é parte da estratégia global “Brewing a Better World” da corporação, que tem como um dos objetivos redução de 80% das emissões de CO2 na produção, até 2030. O Grupo Heineken Brasil pretende operar em sua totalidade com energia renovável até 2023.

                Para garantir que a energia consumida nessas cervejarias seja proveniente de energia limpa, o Grupo Heineken no Brasil passará a adquirir energia elétrica de fontes 100% renováveis, além de já contar com energia térmica limpa proveniente de biomassa nas unidades citadas.

                A utilização de energia 100% renovável se aplica aos produtos Heineken, incluindo a Heineken 0.0. Os rótulos das cervejas produzidas com energia renovável serão alterados e contará com um símbolo que informará ao consumidor que o produto faz parte de uma cadeia de produção renovável.

                “Estamos orgulhosos por sermos capazes de produzir a Heineken com a mesma qualidade, mas agora usando energia verde e reduzindo significativamente o impacto no meio ambiente. A sustentabilidade é um dos pilares da marca e também, uma prioridade do Grupo no Brasil”, diz Vanessa Brandão, diretora de marketing de marcas premium.

                As demais oito cervejarias do grupo no Brasil serão convertidas para operarem unicamente com energia renovável na produção de todos os produtos do portfólio da companhia.

                Para anunciar a novidade, a Heineken realizou uma ação no Museu do Amanhã (RJ), que contou com uma iluminação especial, deixando-o da cor da marca. Desta maneira, as pessoas que circularam pelos arredores do Museu descobriram em primeira mão o novo “ingrediente” que fará parte do processo de produção e envase da cerveja. A ação para iluminar o museu fez uso apenas de energia limpa e foi desenvolvida em parceria com a Red Door Agency.

Cerveja SOL produzida com energia solar no Brasil

               

                A marca de cerveja Sol, que faz parte do portfólio do Grupo Heineken, também terá sua produção nacional abastecida com energia solar em suas fábricas. A iniciativa reforça o posicionamento da empresa, “Taste the Sun”, que tem o objetivo de conectar o consumidor à energia positiva do Sol em todas as suas formas.

                O astro-rei é o coração da Sol: está no nome, na cor dourada da bebida e agora no seu processo de fabricação. Para informar o consumidor, a marca passará a utilizar a assinatura “Produzida com energia solar” em suas embalagens, materiais de ponto de venda e demais peças de comunicação.

                O projeto se alinha à estratégia mundial da marca que desde abril de 2020, a cerveja Sol, é produzida com energia solar, em Zoeterwoude, na Holanda, reafirmando a herança da marca inspirada no sol, um marco importante na jornada da marca para reduzir sua pegada de carbono.

                Além do Brasil, outros 50 mercados produzem a Sol com 100% de energia solar, incluindo Reino Unido, Austrália, África do Sul, Alemanha, Finlândia, Espanha e Holanda, ou seja, consumidores em mais de 50 mercados terão acesso à cerveja do sol em que a eletricidade usada para a fabricação é 100% movida pelo sol.

                A energia solar proporciona uma economia de até 95% do valor da fatura. É a fonte de produção de energia com menor impacto ambiental, possui vida útil de 25 anos e baixa manutenção, sendo facilmente instalada. A Cenergel atua no projeto, homologação e instalação de sistemas de geração solar fotovoltaica, atendendo aos diferentes tipos de mercado. Entre em contato conosco e peça seu orçamento gratuito.

 

<Postagem Anterior