• (35) 3715-5431
  • Poços de Caldas / MG

Bandeira vermelha patamar 2 terá aumento de 45%

Bandeira vermelha patamar 2 terá aumento de 45%

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou no último dia 24 de outubro, um aumento de 42,8% na bandeira tarifária vermelha patamar 2. Com o reajuste, a taxa extra cobrada pela energia elétrica passará de 3,50 para 5,00 a cada 100 kWh consumidos, e já passará a valer a partir deste mês de novembro.
O aumento é consequência da permanência do quadro de chuvas fracas e dos níveis dos reservatórios baixos, o que provocou a reavaliação da metodologia de acionamento das bandeiras. Segundo o diretor da Aneel, Tiago Correia, a aplicação imediata do reajuste na taxa extra vai evitar um déficit ainda maior na conta que arrecada os recursos das bandeiras tarifárias, que já registra prejuízo.
De janeiro a agosto de 2017, o risco hidrológico já custou 7,6 bilhões e com as altas temperaturas, a tendência é de que haja um aumento expressivo dos custos nos próximos meses com a piora no cenário hídrico e seu consequente aumento nos preços de energia devido ao acionamento das usinas termoelétricas, que produzem energia a partir de uma fonte fóssil, e por isso, possuem um custo mais elevado.

 

 

Na região Nordeste, o volume médio dos reservatórios é preocupante, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o nível dos reservatórios está atualmente em 6,85% e ainda, as hidrelétricas das regiões sudeste e centro-oeste, responsáveis pela geração de 70% da eletricidade consumida no país, operam com 18,57% de água armazenada, com uma queda de 6,51% em relação a setembro.
Adotado desde 2015, o regime de bandeiras tarifárias funciona de caráter didático, como um semáforo e indicam a taxa extra paga na conta de energia elétrica. Com a nova proposta da ANEEL, o sistema passa a funcionar desta forma: Na bandeira verde, não há taxas, já a bandeira amarela, houve uma redução no custo da taxa, que antes era de R$ 2,00 a cada 100 kWh e agora passa para R$ 1,00, a cada 100 kWh. Na bandeira vermelha há dois patamares, o primeiro patamar continuará com a mesma taxa de R$ 3,00 a cada 100 kWh, já o patamar 2, passará de 3,50 para 5,00, a cada 100 kWh consumidos.

 

 

Fuja do aumento e gere sua própria energia! Entre em contato conosco e reduza sua conta de energia em até 95%. Receba a visita de um de nossos engenheiros especializados ou solicite gratuitamente um orçamento para atender a sua instalação com energia solar fotovoltaica.  Estamos disponíveis também no Whatsapp (35) 99222-5431 e no fixo (35) 3715-5431.


Projetos relacionados que talvez você se interesse